Skip to content

Filha de um Rei

IMG-20140801-WA0008Desde que eu era pequena, eu sabia que eu sou diferente, sempre estive ciente disso, embora viver assim não tenha sido fácil. Meu nome é Valentina Rodríguez, tenho 23 anos, estudo meu último ano da universidade, moro na Cidade do México, sou uma membro convertida da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, sou filha de Nosso Pai Celestial e eu sou transgênero .Nasci em uma família humilde e tradicionalista, sendo a mais jovem das crianças e tendo quatro irmãs e um irmão. Eu fui criada como qualquer outra criança, sem favoritismo ou atos de consentimento, embora eu soubesse que eu não era mais uma criança, e esperava que talvez Deus tivesse cometido um erro comigo, que ele perceberia seu erro e venha até mim em uma garota graças a minhas orações e orações (não foi assim). Foi aos 21 anos que eu decidi viver  como me sentia realmente, embora à anos já estivesse deixando o armário e compartilhado minha homossexualidade, isso era algo novo, algo que superava completamente o que eu já tinha vivido; Aceitar-me como uma mulher transgênero seria um enorme desafio não só para mim, mas para as pessoas que mais me interessavam (minha família e meus amigos)  Minha mudança física foi gradual, tive tempo de me informar bem do que estava acontecendo comigo e tive tempo também para assimilar o que aconteceria comigo, encontrei ajuda em diferentes instituições e organizações; demorou mais de dois anos para começar um tratamento hormonal, dois anos de oração constante para que minha família e amigos entendessem o que eu queria fazer e não me afastasse, lembrava que eram momentos de desespero e medo, medo de não ser quem eu era e perder tudo o que tinha. Felizmente, ao longo deste processo, tive o apoio de muitas pessoas que acreditam em mim, pessoas que me entendem e sabem o quão difícil é viver nas sombras, sendo alguém que você não é. No momento, eu vivo uma vida completamente normal, cheia de inúmeras bênçãos e cercada por pessoas maravilhosas que me ajudam a crescer todos os dias.Agora estou procurando completar minha readequação de gênero de forma legal e procuro denunciar o status do Transgender dentro da comunidade LGBTI para pessoas que desejam saber mais ou que vivem a mesma situação que eu vivi. Além disso e pouco a pouco estou superando o medo de mostrar-me como sou, não posso dizer que foi fácil, especialmente no início, quando me senti assustado de sair e que todos começaram a me julgar com a forma como eu me vesti ou como eu me comportava, A verdade é que, graças às orações que freqüentemente faço, posso encontrar a força dentro de mim para continuar e não desistir. Estou convencido de que Deus me ama e tem um plano para cada pessoa, é também que os livros canônicos são nosso guia e força em face da adversidade, que a oração é o meio de se comunicar com o Pai Celestial, de que os profetas são realmente homens chamado por Deus para guiar nossos passos, testemunho da igreja, sei que é verdade e também sei que Deus nos ama como nós e deu sua vida por nós. Tenho o prazer de compartilhar o meu testemunho com você em nome de Jesus Cristo. Amém.

Deixe um Comentário